Cacique Raoni melhora e tem alta em Sinop após uma semana hospitalizado

Os médicos do hospital particular onde o cacique Raoni Metuktire, de 89 anos, estava internado, desde o último sábado, com quadro infeccioso anunciaram, há pouco, melhora e optaram por sua alta. O líder indígena passou por uma série de exames durante a semana, que apontaram a possibilidade de retorno à aldeia. Ele decolou às 14h, em avião do governo do Estado.

“Ele chegou bastante debilitado, estabilizamos, fizemos investigação para tratá-lo. Está indo para casa um pouco fraco, mas já forte para continuar liderando seu povo. Ele chegou num estágio preocupante, com pressão de 70 por 40, estado de quase choque, bastante desiderato e anemia importante. Havia risco de vida, era um quadro que inspirava bastante cuidado. Fizemos duas transfusões para recuperação”, disse o médico e diretor do hospital, Douglas Yanai.

Raoni agradeceu apoio durante sua internação e afirmou que “a doença chega a qualquer dia e ataca alguém da nossa família. Queria que todas as pessoas pensassem nisso e amasse e respeitasse o outro. Isso que penso, que a gente deve estar junto e se respeitar e amar, porque doença não marca dia. Quero dar um abraço em todos vocês. Agora estou curado”, disse.

“Meu avô sofreu uma infecção e se recusou devido à pandemia em vir para a cidade fazer tratamento, mas a família conversou e aceitou o tratamento. Graças a Deus e aos profissionais conseguiu se recuperar e está bem”, contou o neto de Raoni, Patxon Metuktire,

Raoni Metuktire é conhecido mundialmente pela luta em defesa dos povos da Reserva Nacional do Xingu.

Fonte: Só Notícias/David Murba (foto: Diego Oliveira

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *